CIÊNCIA & TECNOLOGIA

Ministro britânico confronta Google sobre “conteúdo de abuso infantil”

Ministro britânico confronta Google sobre “conteúdo de abuso infantil”

Reino Unido critica Twitter, YouTube e Facebook por não removerem material abusivo ou conteúdo sexual, mesmo depois de serem notificados

O ministro britânico das Relações Exteriores, Jeremy Hunt, acusou o Google nesta quinta-feira (30) de abandonar seus valores morais ao não remover conteúdo de abuso infantil enquanto lança uma versão de seu mecanismo de busca na China que bloqueará alguns sites.

O governo do Reino Unido criticou repetidamente plataformas online, como Twitter, YouTube e Facebook, por não removerem material abusivo ou conteúdo sexual, mesmo depois de serem notificados.

 

Deixe Seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *