ESPORTE

Botafogo perde para Bahia 2a1

Botafogo perde para Bahia, mas gol de Pimpão deixa equipe viva na Sul-Americana

Alvinegro precisa de uma vitória simples para avançar

Bahia – Não foi por falta de insistência ou de chances reais criadas na Arena Fonte Nova. No fim, prevaleceu a eficiência do Bahia e do inspirado goleiro Douglas na vitória de 2 a 1 sobre o Botafogo. Apesar da falha do Diego, dos o menor aconteceu, pois a vitória de 1 a 0, dia 3 de outubro, no Nilton Santos, é o suficiente para garantir o Glorioso nas quartas da Sul-Americana.

Com sete mudanças em relação à escalação usada na vitória de 1 a 0 sobre o América-MG, domingo, no Nilton Santos, Zé Ricardo poupou os titulares de olho no Brasileiro. O Vitória, adversário de domingo, no Barradão, é um concorrente direto no estratégico confronto para se manter afastado do Z-4.

O gol de Ramires, com apenas quatro minutos, foi um teste de fogo para o goleiro Diego, opção técnica de Zé Ricardo. O gramado irregular atrapalhou o substituto de Saulo e deixou o torcedor apreensivo para a sequência do jogo na Fonte Nova.

O Botafogo contrariou os mais pessimistas. Com três volantes (Jean, Bochecha e Lindoso), segurou a pressão dos donos da casa e, mesmo com a perda de Valencia, machucado, respondeu à altura. Na bola parada, quase chegou ao empate com o desvio contra o patrimônio de Nino Paraíba e depois com Brenner.

Perigoso, o Bahia apostava no contra-ataque. Clayton, de cabeça, parou na bela defesa de Diego, mas a trave salvou os baianos nas ótimas chances de Brenner e Rodrigo Pimpão, para o desespero do torcedor alvinegro.

O Glorioso voltou melhor do intervalo, mas a bola insistia em não entrar. Quando não pelas mãos de Douglas, pelo pé direito de Lucas Fernandes para evitar o empate em cima da linha. Na sequência, Clayton, aos 14, contou com a falha de Diego para aumentar a vantagem. No ataque seguinte, Pimpão diminuiu o prejuízo após falha de Douglas, a única no jogo.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2 X 1 BOTAFOGO

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Árbitro: Piero Maza (CHI)
Auxiliares: Christian Schiemann e Claudio Rios (CHI)
Cartões amarelo: Jean, Igor Rabello e Bochecha (BOT) George Nino Paraíba (BAH)
Cartão vermelho: Léo Pelé (BAH)
Gols: Ramires, aos 4min do primeiro tempo; Clayton, aos 14min, e Pimpão, aos 16min do segundo tempo

Bahia: Douglas; Nino Paraiba, Douglas Grolli, Lucas Fonseca (Everson) e Léo; Gregore, Elton, Zé Rafael (Vinicius) e Ramires; Clayton (Júnior Brumado) e Edigar Júnio / Técnico: Enderson Moreira

Botafogo: Diego; Luis Ricardo, Marcelo Benevenuto, Rabello e Gilson; Jean (Aguirre), Lindoso, Bochecha e Leo Valencia (Luiz Fernando); Pimpão e Brenner / Técnico: Zé Ricardo

veja os gols…

Deixe Seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *